Prêmio Visconde de Mauá  de Empreendedorismo Jovem

O Prêmio Visconde de Mauá de Empreendedorismo Jovem é uma iniciativa do Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores da Associação Comercial do Rio de Janeiro, que tem como objetivo incentivar o empreendedorismo no estado.

A honraria terá sua primeira edição em 2015 e será dividida em três categorias: Jovem Empresário, Universitário Empreendedor e Empreendedor Social, beneficiando empresas e entidades que se destaquem no setor.

REGULAMENTO

O PRÊMIO

1.1) O Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem 2015 é uma iniciativa da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), através do seu Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores, e visa destacar as pessoas que, por meio de seus próprios empreendimentos ou por seu engajamento com iniciativas empreendedoras durante a universidade, promoveram o fortalecimento da cultura empreendedora no Estado do Rio de Janeiro, conforme os critérios estabelecidos nesse Regulamento.

1.2) O Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem 2015 será dividido em 03 (três) categorias: Jovem Empresário, Universitário Empreendedor e Empreendedor Social.

1.3) O Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem na categoria Jovem Empresário 2015 será concedido à 01 (uma) pessoa física selecionada, após realizado exame dos Critérios de Avaliação previstos no presente Regulamento pela Comissão Avaliadora.

1.4) O Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem na categoria Universitário Empreendedor 2015 será concedido à 01 (uma) pessoa física selecionada, após realizado exame dos Critérios de Avaliação previstos no presente Regulamento pela Comissão Avaliadora.

1.5) O Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem na categoria Empreendedor Social 2015 será concedido à 01 (uma) pessoa física selecionada, após realizado exame dos Critérios de Avaliação previstos no presente Regulamento pela Comissão Avaliadora.

2. DOS PARTICIPANTES

2.1) Poderão concorrer ao Prêmio Visconde de Mauá – Jovem Empresário 2015, empreendedores cujas empresas tenham sede no Estado do Rio de Janeiro, na faixa de idade entre 18 e 39 anos.

2.2) Poderão concorrer ao Prêmio Visconde de Mauá – Universitário Empreendedor 2015 estudantes de universidades sediadas no estado do Rio de Janeiro, engajados em iniciativas de empreendedorismo, na faixa de idade entre 18 e 39 anos.

2.3) Poderão concorrer ao Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedor Social 2015 empreendedores cujos projetos tenham sido realizados no Rio de Janeiro, na faixa de idade entre 18 e 39 anos.

2.5) A pessoas interessadas em concorrer ao Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem 2015 deverão preencher ficha de inscrição online respectiva à categoria pleiteada.

2.6) Não poderão concorrer ao prêmio membros da Comissão Avaliadora.

3. DO PRÊMIO

3.1) Os vencedores do Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem 2015  receberão, cada um, uma placa ou troféu e um diploma de Mérito, concedidos pela Associação Comercial do Rio de Janeiro através do seu Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores. Os vencedores ficam autorizados a usar o Prêmio Visconde de Mauá – Empreendedorismo Jovem 2015 em suas atividades para indicar sua condição de vencedor.

3.2) Para o vencedor da categoria Prêmio Visconde de Mauá – Jovem Empresário 2015, também será concedido 01 (uma) saída em mídia impressa, conteúdos de capacitação sobre empreendedorismo e gestão,  mentoria de organização de empreendedorismo ou consultoria parceira do evento.

3.3) Para o vencedor da categoria Universitário Empreendedor 2015, também será concedido 01 (uma) saída em mídia impressa, conteúdos de capacitação sobre empreendedorismo e gestão,  mentoria de organização parceira do evento para sua carreira profissional.

3.4) Para o vencedor da categoria Empreendedor Social 2015, também será concedido 01 (uma) saída em mídia impressa sobre sua empresa, conteúdos de capacitação sobre empreendedorismo e gestão,  mentoria de organização de empreendedorismo ou consultoria parceira do evento.

3.5) A divulgação do resultado e a entrega dos prêmios serão realizadas em cerimônia no mês de Novembro, na ACRJ, ou em local a ser definido e comunicado posteriormente.

3.6) Todos os prêmios serão pessoais e intransferíveis. Caso o vencedor de qualquer categoria não possa recebê-lo, ficará à critério da Comissão Avaliadora o destino do mesmo.

4. DA COMISSÃO AVALIADORA

4.1) A Comissão Avaliadora será composta por:

a) Presidente de Honra da Comissão Avaliadora do Prêmio;

b) Presidente do Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores da ACRJ;

c) Até 03 (três) Conselheiros do Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores da ACRJ, indicados pela Presidência do referido Conselho;

d) Até 03 (três) Conselheiros do Conselho Empresarial da Pequena e Média Empresa da ACRJ, indicados pela Presidência do Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores da ACRJ;

d) Até 03 (três) integrantes do Quadro Social da ACRJ, indicados pelo Presidente da ACRJ;

e) Convidados especiais escolhidos pelos apoiadores do Prêmio.

4.2) A Comissão Avaliadora deverá comunicar o resultado ao Presidente da ACRJ, que dará ciência do resultado aos premiados.

5. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

5.1) Para a apuração do resultado, serão avaliados os seguintes critérios não necessariamente cumulativos:

a)     Para interessados na categoria Jovem Empresário:

  1. Iniciativa Empreendedora.
  2. Originalidade e Inovação de negócios.
  3. Visão de cultura organizacional.
  4. Crescimento nos últimos 5 anos, comprovados por balanço, se houver.
  5. Reputação ilibada.

b)     Para interessados na categoria Universitário Empreendedor:

  1. Iniciativa empreendedora.
  2. Realizações em universo acadêmico.
  3. Desempenho acadêmico.
  4. Impacto gerado na comunidade acadêmica e estudantil.
  5. Reputação ilibada.

c)      Para interessados na categoria Empreendedor Social:

  1. Iniciativa empreendedora.
  2. Alcance do Projeto Social.
  3. Impacto do Projeto Social.
  4. Reputação ilibada.

 5.2) Cada integrante da Comissão de Avaliação deverá atribuir um conceito, de 0(zero) a 10 (dez), para cada um dos Critérios de Avaliação de cada uma das três categorias acima, com relação a cada um dos participantes, após exame dos relatórios apresentados no ato de inscrição. Os conceitos deverão levar em conta a natureza da atividade de cada participante.

5.3) Serão vencedores os 03 (três) participantes, 01 (um) para cada categoria, que mais representem o empreendedorismo jovem no Estado do Rio de Janeiro, e obtiverem o maior número de pontos após o exame dos Critérios de Avaliação por cada um dos integrantes da Comissão Avaliadora.

5.4) Não caberá recurso contra os conceitos e o resultado final julgados pela Comissão Avaliadora.

6. DAS REGRAS GERAIS

6.1) As dúvidas, oriundas deste regulamento, ou nele não previstas, serão julgadas por uma comissão de representantes do Conselho Empresarial de Jovens Empreendedores da ACRJ, em comum acordo com a Presidência da ACRJ, cujas decisões são soberanas e irrecorríveis.

6.2) Todos os participantes devem apresentar no momento da inscrição declaração de aceitação dos termos do presente regulamento.

7. DA CONFIDENCIALIDADE

7.1) Todas as informações fornecidas pelos proponentes serão consideradas de caráter confidencial.